Sob Controle

“Jornal Nacional” faz bela homenagem a cinegrafista da Band morto

Foto: Reprodução de TVMuito bonito o fim do "Jornal Nacional" desta segunda-feira (10/02). A edição terminou com uma homenagem a Santiago Andrade, cinegrafista da Band morto após ser atingido por um rojão durante manifestação pelo aumento das tarifas de ônibus, no último dia 06, no Rio de Janeiro.

Leia também:
SBT tenta tirar jornalistas da Globo para substituir Carlos Nascimento
Fábio Porchat sofre ameaças de blog de apoio à PM

Em sinal de luto e respeito ao colega, enquanto os créditos finais do telejornal eram exibidos, o som foi cortado. Em seguida, cinegrafistas da Globo e jornalistas da redação aplaudiram Santiago, cuja imagem aparecia num telão, abraçado a seu instrumento de trabalho, uma câmera.

Emocionante! Pois é, o soldado morreu no campo de batalha... injustamente. Quem sabe esse desfecho horrível sirva para mudar algo, embora novos protestos tenham sido realizados e a violência se repetido no Rio, na noite desta segunda. Vamos ter esperança que não tenha sido em vão! Assista o vídeo:

Ainda no "JN" desta segunda, William Bonner leu um editorial da Globo sobre o ocorrido. Lembrou que Santiago não estava no local do ocorrido como manifestante ou para promover tumulto. Simplesmente, trabalhando. E que sem o olhar do jornalista o cidadão é privado do acesso à informação isenta, para que forme opinião e a democracia prevaleça.

"Não é só a imprensa que está de luto com a morte do nosso colega da TV Bandeirantes, Santiago Andrade. É a sociedade. Jornalistas não são pessoas especiais, não são melhores nem piores que os outros profissionais", dizia o texto. Veja na íntegra.

Em tempo: No "Jornal da Band", comandado por Ricardo Boechat e Ticiana Villas Boas, foi apresentado um perfil de Santiago, com depoimentos emocionados de amigos da emissora. "Repórter cinematográfico premiado, apaixonado por música e pelo Flamengo. Santiago Andrade era casado, tinha uma filha e três enteados. Além de profissional brilhante, Santi, como era chamado carinhosamente, sempre foi muito dedicado à família e generoso com os colegas de trabalho", leu Boechat.

Siga-me no Twitter: @gustavobaena

Sobre Gustavo Baena

Gustavo Baena é jornalista e já passou por diversas mídias: TV, jornal, rádio e webTV. Foi repórter e apresentador de programas jornalísticos e de entretenimento na RedeTV!, Band e TV+. Ainda assinou colunas e críticas sobre televisão no Diário do Grande ABC, Diário Popular e Diário de S. Paulo/Organizações Globo. É um incansável pesquisador da história do veículo e seus bastidores. Entre os focos de estudo, estão telenovelas latinas (exibidas no Brasil ou não), remakes e, claro, as produções nacionais. Também é roteirista profissional e empresário de Comunicação. Desde 1º de março, é crítico de TV do Yahoo e assina o blog "Sob Controle", analisando destaques da programação.