Sob Controle

Com ex 'A Fazenda de Verão' no palco, 'Teste de Fidelidade' é mais do mesmo: baixarias, armações e desfechos previsíveis

João Kléber/Divulgação RedeTV!Sábado à noite diante da TV. Sem dúvida, uma missão inglória. Mas, no último dia 02, teve estreia do “Teste de Fidelidade” com João Kléber nas madrugadas da RedeTV!. Apesar da difícil missão, lá fui eu assistir. Tirando o fato de que o quadro agora virou programa, nenhuma novidade. A não ser a participação de uma “ex-fazendeira” da Record (leia abaixo), tudo mais do mesmo!

O apresentador já havia dado uma prévia do que seria seu retorno à emissora durante o Carnaval, com casais tendo seus relacionamentos “colocados à prova” durante a folia de Momo. A “avant-première” surtiu efeito – em termos de audiência- e a tão mal falada atração ganhou de vez a vaga do “SNL” (Saturday Night Live), da 00h30 às 02h00.

Se compararmos com situações já apresentadas há dez anos, o “Teste de Fidelidade” até que voltou comportado para o horário. Nada de closes ginecológicos nem muito rala e rola. Por enquanto. No máximo, beijinhos no cangote, mãos deslizando sobre pernas e um dos “testados” sem camisa.

Nos dois casos da noite, mulheres “teriam solicitado o teste” para avaliarem o comportamento de seus parceiros. Uma seria “esposa”, a outra “namorada” das “cobaias”. Nenhum cedeu aos encantos das atrizes – Ester e Célia (sim, elas se intitulam atrizes). Ah, as duas também são chamadas carinhosamente de “sedutoras”. Vale lembrar que a atração já revelou para o cinema pornô astros como Oliver e Márcia Imperator.

Curiosamente, internautas mais atentos já entregaram na rede que o primeiro casal (Fábio e Daniela) participou um dia antes do “Quem Convence Ganha Mais”, comandado por Cristina Rocha, no SBT. Embora já soubéssemos “de outros Carnavais” que as baixarias são financiadas por pagamento de cachês, isso só reforça logo de cara as suspeitas de armação. Até porque os desfechos – por mais que o apresentador tente segurar o público anunciando “uma grande surpresa” – não levam nada a lugar algum.

É de estranhar também que quem está no palco - teoricamente arriscando a própria relação - nunca desiste de assistir as cenas até o final. Na atual conjuntura econômica, com processos trabalhistas, dívidas e atrasos no pagamento de salários pipocando na mídia, a RedeTV! não mesmo pode se dar ao luxo de gravar essas “superproduções” e jogar tudo fora. Até que faz sentido! Cada teste é precedido por imagens de filmes como “Irresistível Paixão” (com George Clooney e Jennifer Lopez) e “Infidelidade” (com Richard Gere). Seriam fontes de inspiração!

De fato, tudo está lá: a plateia, para palpitar ou gritar palavras de ordem como”chifruda!”, uma grande porta no estúdio (agora com iluminação mais intimista, um jogo de luzes nas cores azul, rosa e vermelho, com mais “cara” de madrugada) de onde saem os protagonistas da atração. E eis que surge Natália, de “A Fazenda de Verão”, como assistente de palco – de vez em quando ela tece uns comentários no melhor estilo “terapia sexual ou de casais”. Se ninguém percebeu a presença da “delícia oriental”, essa é mais uma prova que a versão sol e calor do reality show da Record frustrou as expectativas. Se vida de ex-BBB não anda fácil, imagina de ex “A Fazenda de Verão”...

Aliás, caso dez anos não tivessem passado, João Kléber aterrisado em terras lusitanas com o “Fiel ou Infiel?” (TVI), arriscaria dizer que ele nunca saiu da RedeTV! tamanha a identificação dele com a proposta do canal. Déjà vu? Sim, aquela sensação de “já vi ou não parei de ver esse filme”... O apresentador é hoje a personificação da emissora nessa busca pela audiência fácil. Em prévias, o pico do “Teste de Fidelidade” foi de 4 pontos – excelente marca para os padrões da casa.

Audiência, porém, não é sinônimo de qualidade. Já ouvi de muita gente que saiu da RedeTV! o seguinte comentário: “Errei de TV uma vez...” (parodiando o nome da emissora). Pelo visto, João Kléber – competente humorista, com passagem pela Globo, até substituindo o saudoso Chacrinha – resolveu insistir no erro. Se fosse ele, diria: “Para, para, para!!!”

Sobre Gustavo Baena

Gustavo Baena é jornalista e já passou por diversas mídias: TV, jornal, rádio e webTV. Foi repórter e apresentador de programas jornalísticos e de entretenimento na RedeTV!, Band e TV+. Ainda assinou colunas e críticas sobre televisão no Diário do Grande ABC, Diário Popular e Diário de S. Paulo/Organizações Globo. É um incansável pesquisador da história do veículo e seus bastidores. Entre os focos de estudo, estão telenovelas latinas (exibidas no Brasil ou não), remakes e, claro, as produções nacionais. Também é roteirista profissional e empresário de Comunicação. Desde 1º de março, é crítico de TV do Yahoo e assina o blog "Sob Controle", analisando destaques da programação.