Sob Controle

“Chiquititas”: SBT tinha protagonista nas mãos e não aproveitou

Amanda Acosta: potencial para protagonista da novelinha (Foto: Divulgação / SBT)A cada dia que vejo "Chiquititas", me convenço de uma coisa: a protagonista estava diante da direção do SBT e da autora Íris Abravanel (responsável pela adaptação do texto), mas ficou em segundo plano na trama. Trata-se de Amanda Acosta, a quem coube o papel de Letícia (do Café Boutique).

Leia também:
Por onde andam os atores de "Chiquititas"?
Quem é Quem em "Chiquititas"

A moça, que fez parte do famoso grupo infantil Trem da Alegria, além de atriz é também apresentadora de TV. Muitos podem argumentar que para o papel de Carolina é preciso saber cantar. Pois ela sabe, e muito bem! Já estrelou musicais como "My Fair Lady" no teatro e comandou o programa "Inglês com Música", na TV Cultura, até o ano passado - comprovando que entende do riscado.

Tudo bem que a personagem Carolina é doce e, por isso, cativa a criançada do orfanato Raio de Luz. Mas Manuela do Monte, a escolhida, chega a estar insossa, sem vida. E nem comento isso fazendo comparação com Flávia Monteiro, que a interpretou em 1997 e tinha uma presença mais marcante em cena, mais energia.

Manoela do Monte ainda não mostrou a que veio (Foto: Divulgação / SBT)Até "Chiquititas", Manuela nunca fez nada de muito destaque como atriz na TV (assim como Amanda). A novela ainda está no início, porém, reforço: não era pra ela. Falta vida na atuação. Vejo a personalidade de Carolina em Amanda - além, claro, do talento e do carisma necessários para a função. Vacilo na escalação de elenco!

Siga-me no Twitter: @gustavobaena
Curta a FanPage da coluna no Facebook: sobcontroleblog


Sobre Gustavo Baena

Gustavo Baena é jornalista e já passou por diversas mídias: TV, jornal, rádio e webTV. Foi repórter e apresentador de programas jornalísticos e de entretenimento na RedeTV!, Band e TV+. Ainda assinou colunas e críticas sobre televisão no Diário do Grande ABC, Diário Popular e Diário de S. Paulo/Organizações Globo. É um incansável pesquisador da história do veículo e seus bastidores. Entre os focos de estudo, estão telenovelas latinas (exibidas no Brasil ou não), remakes e, claro, as produções nacionais. Também é roteirista profissional e empresário de Comunicação. Desde 1º de março, é crítico de TV do Yahoo e assina o blog "Sob Controle", analisando destaques da programação.