Em Off

Relembre o melhor e o pior da TV nesta semana

O que foi legal:

foto:Divulgação

- O desdobramento da revelação de que Carminha (Adriana Esteves) é mãe de Jorginho (Cauã Reymond)  em "Avenida Brasil"  foi o máximo. Jorginho (Cauã Reymond) deu o grito que meio país queria dar ao chamar a megera de prostituta e vadia. O rapaz continua sendo o único sensato da família do Tufão (Murilo Benício). Aliás, o banana do ex-jogador também deu uma bola dentro ao decidir sair de casa, ao pedir para a quase ex-mulher não fazer ceninha e ao atacar Monalisa (Heloísa Périssé) no velho boteco. Tudo bem, a gente sabe que Carminha vai dar a volta por cima, mas a vida boa dela vai durar pouco.

- Toda vez que Adriana Esteves contracena com Vera Holtz a novela das nove esquenta e quando a vilã ameaçou Lucinda com uma faca, não foi diferente. As duas arrasaram na interpretação. Agora, justiça seja feita. O blog chegou a detonar a história de Cadinho (Alexandre Borges) e suas mulheres. Mas o autor e o núcleo deram a volta por cima. Quando Débora Bloch, Camila Morgado, Carolina Ferraz e Alexandre se juntam , a gente sabe que vem gargalhada boa por aí.

Foto:Divulgação

- O blog acha a Socorro (Titina Medeiros), de "Cheias de Charme", tão irritante quanto a Ivana (Letícia Isnard) de "Avenida Brasil", mas a "personal colega" de Chayene (Cláudia Abreu) tomando o chá de ferra-goela e discutindo com a patroa foi realmente de tirar o fôlego de tão divertida. Duas feras dominando o horário da sete e sem voz.

- Maurício Meirelles, do "CQC", levando o boneco do deputado Jair Bolsonaro para ser "malhado" durante a Parada Gay foi engraçado e a enquete que apontou mais corintianos no evento (apesar de batida) também.

O que não foi legal:

O bandido Jackson (Heitor Martinez) de "Vidas Opostas". Foto:Divulgação

- A Record picotou a reprise da ótima novela "Vidas Opostas", que terminou nesta semana, por conta da baixa audiência. A novela começou com os capítulos normais nos dois primeiros meses e, no último, virou uma minissérie. Foi uma coisa maluca. Claro que é difícil deixar uma reprise que está em baixa no ar, mas será que ninguém pensou em editar a novela antes só para se prevenir?

- De novo o "SuperPop". O que teve de bombástica a entrevista de Mara Maravilha no programa de Luciana Gimenez? O blog responde: nada!. Mara repetiu várias coisas que já havia alardeado (inclusive na mesma atração da RedeTV!) e não polemizou nem quando falou de religião. Ainda assim, a apresentadora ficou dizendo que a moça não tinha papas na língua. Hã?

- Fernanda Gentil, que comandou o  "Placar da Rodada", no "Jornal do Globo", confundiu o Corinthians com o Palmeiras durante os comentários do jogo  do Timão contra o Santos na pela Taça Libertadores. Bom, imaginem como ficou o torcedor corintiano fanático.

Carregando...

Sobre Janaína Nunes

Formada em 1997 pela Universidade Metodista de São Paulo, Janaína Nunes foi repórter do "Diário do Grande ABC", "Agora SP", revista "Minha Novela" (editora Abril) e "Diário de São Paulo". Antes de assumir o blog Em Off, em 2012, cuidava da coluna Olá, do "Agora São Paulo". Ligada nos bastidores da TV, Janaína conta diariamente em primeira mão tudo que rola dentro e fora das telinhas.

YAHOO TV NO FACEBOOK